dentro

by desenharts (tumblr)

antes que o dia acabe

quero dizer que te amo

e te escrever muitos versos

antes que me falte fôlego

pois a Vida

indomável   impermanente

leva consigo

amores e desamores

com a mesma velocidade

que os trouxe

.

antes que o Amor acabe

quero lembrar

que tudo é passageiro

e de repente

a senhora caprichosa

pode interromper papeis

mudar o script

transformar romance em amargor…

antes que me falte Vida

quero dizer que eu

sou apenas um sorriso

quando contigo estou

tarde de julho

by desenharts (tumblr)

há cheiro

de chá

há braços

no gosto do vinho

o tom

baseado

num sonho

fosse

doce

paixão

sem sobressalto

a cem por hora

se derrama

na xícara

na taça

no íntimo

quarto

faço poemas

enquanto a vitrola

esboça ruídos canções de outrora

a tarde cai

na rede de velhos marinheiros

e desperta

desejos

de partir sem bússolas

cem mapas

se desdobram

em trilhas

caminhos

abertos em meu coração

meteoro lógica

by Jacek Yerka

olho pro céu

arrisco previsões

e resmungos poéticos

sussurrados entre dentes

pra ninguém

além

de você

ouvir

.

abro a casa aumento a música

visto pele de musa

sou Morgana

mística   

encantada

ou apenas a namorada

a mortal que o cérbero ainda não despedaçou

.

Lily vestida para  Mayakovsky

Dulcineia del Quixote

enfrentando moinhos séculos 

coisas de amor

e alguns outros demônios

.

sou brisa terna que te acompanha

que do seu canto faz dança

buracos no tempo

interferindo na paisagem

com trevos e lençóis de flor

.

e nesse cenário iconoclasta

troco as cortinas por delicada fumaça

e trago

no cheiro do incenso

sorrisos

vaga lumes

doses homeopáticas de luz

querência

by jacek yerka

resolvi lixar as paredes  

regular o brilho

já que luz demais confunde encandeia

e atrai efêmeras asas

.

estou preparando a base

pra pintar tudo de azul

de arrebol em vários tons

enquanto analiso o desenrolar dos fatos

da vida

vou espessar os fluidos

separar o sólido  o racional

enterrar os sapos

limpar o caminho  o trono ao lado

polir o anel   abrir as grades

costurar o véu

.

enquanto me balanço

com coisas e cavalos marinhos

musicando lembranças confeccionando cenas 

rindo à toa por cima de clichês

chamando você de meu

amor

é

algo

raro

.

me perdoe perdi o foco

quase esqueci de dizer que eu

portadora de versos e bla bla blás

declaro

do alto do meu coração alado

que amar é importante

já que existir é apenas um rito de passagem

peito aberto

image by in-dissolúvel (tumblr)

para ti quero proteção extrema

uma armadura de algodão doce

palavras pesadas pensadas

líquidas azuis transparentes

um mergulho quase infantil

água morna terna levemente salgada

.

não arrisco dizer a tal frase

acionar tempestades intempéries

mas me deixo cair em teu peito

sentir canções de ninar

mãos macias em minhas costas

suavidade que me embala

.

em noites que lágrimas me cansam os ombros

pingos de recordações displicentes

indulgência arrependimento

olhos que não me saem da mente

aceito teu colo cuidado

a distância é só um ponto de vista