incorpóreo

ilustração by Craww

ele ela não importa

demônio não tem sexo gênero

envolve seduz suspira sussurra

acaricia aquece sopra

palavras doces em ouvidos frágeis

 

leva pela mão oferece colo

envolve em sua pele quente

labirinto encantados caminhos

 

quer vida sonhos

confunde ideias pensamentos

traz desejos de auto-sabotagem

destruição visão confusa

se instaura sem prazo final

ou intervalos estáveis

 

é preciso fugir

mas, como?

se demônios moram do lado

de dentro

e se disfarçam de anjos pessoas queridas

soprando delicadezas

que levam às margens da eternidade

amareluz

em meio ao transe

eis que surge um anjo

grande alado luminoso

portando flor amarela

aproximou-se movendo translúcidas asas

sem causar medo apenas surpresa

ofereceu-me  flores iluminadas

suspensa explosão de beleza

minhas mãos paralisadas atadas

diante do insólito olhar satisfeito

carne tesa veias aceleradas

atravessou-me presenteando-me o peito

deu-me paz deu-me luz

adentrou-me a mente

deu-me alento deu-me colo

volta anjo dai-me sempre