refração

uma saída

uma fresta na profundidade

despi os sapatos e entrei

.

a minha frente o mar

em minhas costas o vento a soprar

uma palavra precisa    um concordar

e as aguas mornas tocaram meus pés

.

mergulhei

flutuei entre reticências e idealizações

me desenhei firme na vela nua

nadadora de céu aberto

fugitiva de qualquer aquário

.

há diversos tipos de navegar

e em meu peito há vento, leveza, sol

as doses são vastas mas a posologia da vida é precisa

tudo é perfeito!

e o amor, especialista em ultrapassagens

convida a travessias isentas de pré_ocupações

.

subo de volta em busca do ar

o azul me encanta além da conta

mas preciso ver a luz a imensidão do farol

a beleza de tudo

é que há sempre

um porto a vista

e  uma gaivota

em busca do voo perfeito.

Anúncios

comente aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s