AMOR

by art for adults (tumblr)

que o Amor consiga me diluir

o Ego

estruturas há tanto

sedimentadas

.

que o Amor possa quebrar

certezas

emoções truncadas

equivocadas

.

que o Amor me faça Luz

me encante

e permita enxergar

além de minhas ilimitadas limitações 

.

que o Amor me ensine

a caminhar pelas horas

aceitar o tempo

distribuir

flores  cores

brandos sorrisos

.

que o Amor suavize

meus tons de voz   meu  toque

e me abra

o colo

as portas do Coração

.

que o Amor conceda-me

levar a beleza

a palavra

o poder da intuição

.

que o Amor me ensine

a ser simples

vazia de posturas e poses

.

que o Amor faça de meu peito

palco

um canto sossegado

afinado   seguro abrigo

ao longo do Caminho

.

que o Amor me dê a licença

de perceber

o Presente

os presentes que se apresentam em minha trajetória

.

que o Amor me transborde

me acorde  me motive

me segure  me ampare

em meus encontros com a Dor

.

que o Amor me use

me poetize

se expresse por mim

me faça Arte

.

que o Amor

seja Eu

Eu Sou Amor

 

cinza

by Asylum Art (tumblr)

em tempo de pessoas auto móveis

simples toques podem detonar

pavios curtos bolhas de realidade

reprodução de vazio e sono profundo

.

o tempo corre   chuviscos dançam

e prendem meus pés ao chão

refletindo sobretudo sobre nada

recorrendo às mesmas vírgulas

.

o choro das nuvens me obriga a parar

procurar abrigo consistente

que me proteja os pés da lama

que não enferruje as peças

da sutil engrenagem que sou

satori

by art for adults (tumblr)

 

lembro que sonhei caindo entre folhas

flutuantes vertigens suspensas no ar

a queda mudou de lugar algumas certezas

trouxe visões  além ego além sonho

.

atravessei diversas paisagens

senti espinhos suaves pétalas

caminhei leve protegi amores

colori corações de pedra

.

fabriquei brinquedos personagens

explodi  em cores  me disseminei

construí mundos possíveis galáxias

vi belezas certeiras e distantes

.

a queda contínua me rasgou a pele

libertou gritos e inquietações

precipitadas expandidas em luz

meu lar  um mar   aberto em mim

vida

para Clara Pessoa

o acaso controla quase tudo

exceto humanos recantos

onde aquilo que se intui irredutível

é Vida crua temporária pulsação 

.

a procura de um rótulo ela sonha

sorri enquanto a cadeira balança

estruturas  acostumadas  idas e voltas

gaiola que se sabe aberta

.

não se abala nada condiz

sedimentou o peito base concreta

pois é poeta e se alimenta

de sonhos chuva e por de sol

encontro

by desenhando-o-mundo (tumblr)

não sei se a vida foi ou é

se noites de estrelas alimentam

doces desejos de um mundo poético

sensível faminto e tocante

.

sei que despojo inúteis obrigações

beijo lábios que foram meus

perdoo falhas agradeço lições

e fecho portas a passados ventos 

.

só quero sair por aí

sentir o sol o tempo 

mudar certezas de lugar

congelar abraços

.

pois a vida

é nua e terna

é flor que se abre

em teu pescoço

patamar de onde contemplo

luzes emanadas de nós

bilhete de felicidade

by desenhando-o-mundo (tumblr)

encontrei um abraço coração aberto

expansões multicores batimento acelerado

penso em seguir livre transbordar

vontade de gerar  sorrisos vida

fazer arte amor acender luzes

pedir perdão aos medos dominar o mundo

ver o espelho beliscar o próprio braço

.

um peito assim em terceira dimensão

dispara sonhos remove montanhas

promete companhias colos ombros

alcança graças expande desperta

seres de universos paralelos

desejos vontades  incessantes

passagem de ida pro céu azul