balance

e enquanto escrevo observo a vida passar

pessoas carros por abastecer

listas de tarefas que se renovam a cada dia

corações batendo sorrisos em flash

.

risinhos de canto de boca

vozes de partes de mim

sabe a última porção das coisas que dizes?

o restinho das frases palavras?

.

elas ficam

não sei bem onde se escondem

brincam comigo nos dias mais sérios densos

.

ah! que falta me fazes

teus braços são lugares

onde quase sempre estou desejando chegar

distante

image by Penny Lane

não sei bem a quem me referir reportar

quem ouviria, além de mim mesma e os objetos a minha volta?

quem entenderia que preciso de artifícios

para que passe o tempo a vida?

que indicador aponta até onde vai a realidade?

que parâmetro garante minha sanidade?

 

não sei bem lidar com pessoas palavras

não posso ser percebida de longe

e longe é o meu lugar preferido

é de lá, de longe, que não se percebe a dor

o meu mais alto grito é silêncio…

 

 

 

incorpóreo

ilustração by Craww

ele ela não importa

demônio não tem sexo gênero

envolve seduz suspira sussurra

acaricia aquece sopra

palavras doces em ouvidos frágeis

 

leva pela mão oferece colo

envolve em sua pele quente

labirinto encantados caminhos

 

quer vida sonhos

confunde ideias pensamentos

traz desejos de auto-sabotagem

destruição visão confusa

se instaura sem prazo final

ou intervalos estáveis

 

é preciso fugir

mas, como?

se demônios moram do lado

de dentro

e se disfarçam de anjos pessoas queridas

soprando delicadezas

que levam às margens da eternidade

traslado

image by Cristania

num mundo incoerente por excelência

pesado é sobreviver remando contra a corrente

enferrujada pela maresia   inexplicáveis elos

supostos entrelaces possíveis cruzamentos

encruzilhadas

desestruturas refletidas no olho que observa

famílias sem cuidado carinho ou base

pessoas incapazes criando fazendo pessoas

insuficiência de suporte ausências

dureza refletida em gestos palavras

e dores curtidas solitariamente

sacrifícios vontades carência

estórias esdrúxulas sombrias

tão cansativas tão distantes

karma dharma nirvana vida

linhas fios veias ansiando

por um corte ou apenas uma passagem

pro infinito.